fbpx
Advertisements

Absolvido pelo TPI, Jean-Pierre Bemba exige indemnização de 68 milhões de euros

2016-03-20t111716z_1134197079_gf10000352846_rtrmadp_3_warcrimes-drc-bemba_0.jpg

O antigo vice-presidente da República Democrática do Congo, Jean-Pierre Bemba, absolvido pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) de crimes de guerra e crimes contra a humanidade, depois de quase uma década em prisão, exige mais de 68 milhões de euros de indeminizaãço, anunciou ontem, o seu advogado após ter remetido uma petição ao Tribunal Penal Internacional (TPI).

“O objectivo desta petição é tentar reparar alguns dos danos ao homem e à sua família devido a sua prisão, detenção e pelos actos dos acessórios do Tribunal e de alguns Estados partes”, disse Peter Haynes em documento enviado ao TPI.

“Um homem inocente perdeu 10 anos de sua vida”, disse ele. “Claro, a Casa não pode voltar e devolver esses anos. O único remédio que pode oferecer é a compensação financeira “, disse Haynes.

A defesa de Bemba pede ao TPI que ordene o pagamento “de pelo menos 12 milhões de euros pela duração da sua detenção, 10 milhões de euros a título de danos e interesses agravados, 4,2 milhões de euros pelas custas judiciais e um montante de pelo menos 42,4 milhões de euros por danos causados ​​ao seu património”, tais como o congelamento das suas contas bancárias.

O pedido de indemnização feito pelos advogados do ex-senhor da guerra, é o primeiro para o TPI, que também absolveu o ex-presidente marfinense Laurent Gbagbo de crimes contra a humanidade cometidos em 2010 e 2011.

Advertisements

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: