fbpx
Advertisements

Hugo e jovens supostamente contratados para eliminar Henriques estão detidos

54520618_632305840547193_4121109077147254784_o.jpg

Hugo e jovens supostamente contratados para eliminar Henriques estão detidos e hoje ficam a saber se ficam presos ou serão alvos de novas medidas cautelares.

A PGR junto do serviço de Investigação criminal em Luanda voltou a ouviu na tarde de ontem os quatro cidadãos implicados no propalado “caso Hugo”.

Entre os interrogados pela PGR, destaque para Hugo Barros, acusado de ter proferido ameaças de morte a Henriques.

De acordo com Alvaro João, porta voz da PGR, Hugo ficará a conhecer as medidas cautelares a lhe serem aplicadas hoje;

Entretanto, ao contrário do que se pode pensar, qualquer um dos implicados não pode ser considerado como sendo preso, mas sim detido, na medida em que a detenção é uma medida precária, com prazo de duração de 48 horas.

Portanto, Hugo encontra-se detido desde a ultima quarta-feira. Foi ouvido primeiro no SIC e agora na PGR.

O caso fez furor nas redes sociais, depois que foram publicados vídeos e imagens sobre um caso de alegada traição de Anelka, a suposta namorada de Hugo, com Henriques, o alegado amante.

Hoje a PGR decide se há razoes para Hugo permanecer preso ou não. Segundo consta, Hugo e Henriques, já se conhecem de outros caminhos.

A jovem Anelka, voltou a estar ontem no SIC para prestar declarações. Anelka disse ter decidido partilhar o áudio da conversa com o Hugo em virtude de sentir-se ameaçada.

Hugo diz que não esperava que o caso fosse ter tamanha repercussão. Já Henriques sente-se completamente abalado com a situação. Os três jovens alegadamente contratados por Hugo para eliminar o suposto rival também encontram-se detidos.

No dia de ontem, várias movimentações de familiares dominou o ambiente no SIC.

 

Advertisements

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: