Kuanza-Sul: Pânico em escola provoca mais de 50 feridos

safe_image.jpg

Cinquenta e cinco alunos da escola do I e II ciclo “14 de Abril”, da cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, ficaram ligeiramente feridos hoje, devido ao pânico provocado por de um suposto “tremer do edifício”.

Segundo informa Angop, mil e 850 alunos encontravam-se a efectuar provas de matemática, até que professores, alunos e pessoal administrativo começaram a saltar pelas janelas.

De acordo com o enfermeiro de serviço no hospital “17 de Setembro”, José Afonso Canivete, 55 alunos e uma professora deram entrada na instituição, por traumatismo, fracturas nos membros inferiores e por contusão.

“Não houve registo de internamento, apenas um aluno se encontra ainda em estado de observação, mas fora de perigo, e, a qualquer momento, poderá ir para casa”, disse o enfermeiro.

Contactado pela direcção da escola, um engenheiro de construção aventou a hipótese de deslocamento referenciado da estrutura do edifício, segundo o director Manuel Capequel.

A escola, fundada em 1965, possui 46 salas de aulas, encontram-se matriculados no presente ano lectivo cinco mil e 400 alunos e tem184 professores.

Leave a comment

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: