Pastor inscreveu 15 ovelhas como alunos numa escola em França

naom_5bf44a369dd3d.jpg

O ato foi simbólico e teve como objetivo evitar a decisão de acabar com uma das turmas por falta de alunos.

Michel Girerd, um pastor da aldeia de Crêts-en-Belledonne nos Alpes franceses, inscreveu 15 das suas ovelhas na escola Jules Ferry. Segundo a BBC, esta iniciativa foi simbólica e permitiu à escola aumentar o seu número de alunos e evitar os planos anunciados pelas autoridades de educação francesas de encerrarem uma das turmas da escola.

Assim, entre os novos alunos da escola constam as ovelhas Shaun, Dolly e Baa-bete. Michel Girerd apareceu na escola com os 15 novos estudantes e mais 35 ovelhas para uma cerimónia especial que contou com as presenças de 200 alunos, professores e responsáveis autárquicos.

Vários alunos erguiam cartazes de protesto contra as intenções das autoridades de educação.

O presidente da Câmara local, Jean-Louis Maret, recebeu do pastor os certificados de nascimento das ovelhas e questionou a “lógica irritante” que podia levar ao encerramento de uma das turmas.

Um dos encarregados de educação, Gaelle Laval, lamentou que o sistema educativo francês “não se tenha mostrado preocupado com os argumentos no terreno, mas apenas com números”.

Leave a comment

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: