Venezuela promete responder a possível invasão militar norte-americana

safe_image.jpg

O chanceler venezuelano Jorge Arreaza disse que Caracas está pronta para qualquer evolução dos acontecimentos, inclusive se Washington decidir invadir militarmente o país bolivariano.

“Estamos prontos para qualquer cenário”, disse o ministro das Relações Exteriores da Venezuela numa coletiva de imprensa na embaixada venezuelana em Moscovo, nesta segunda-feira (6), respondendo à pergunta sobre a ameaça do uso de força pelos Estados Unidos.

“Se [os EUA] optarem por meios militares, temos uma força armada, um povo, uma milícia nacional, que seria capaz não só de resistir e travar a batalha, mas até de vencer e derrotar qualquer exército, por mais poderoso que seja no mundo”, complementou.

Durante a coletiva, escreve a Sputnik, o ministro afirmou que a Rússia tem sido firme nos seus esforços para acabar com o bloqueio económico imposto pelos EUA à Venezuela.

Arreaza declarou que esperar criar um sistema alternativo de transações monetárias com a participação de Moscovo e Pequim para poder transferir fundos e, dessa forma, contornar as restrições americanas.

“Estamos a procurar maneiras alternativas de interagir com a Rússia, China e outros países amigos para, de alguma forma, contornar o bloqueio norte-americano”, ressaltou.

O ministro também afirmou que Caracas espera produzir mais petróleo em seu território junto com a Rússia, além de não excluir a ampliação da missão de assistência técnico-militar russa na Venezuela.

Leave a comment

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: